compartilhe 
twitter link facebook link
ProdutosServiçosParceriasContato


 

Esta área de dicas úteis é viva, portanto, quanto mais forem surgindo situações diferentes, mais serão inseridas, ou seja, você contribui muito para o desenvolvimento desta página e por consequência de todas as pessoas que a lêem. Sendo assim, já deixo aqui o meu antecipado "obrigado".

 

Nesses mais de 20 de atuação no mercado de seguros se eu tivesse que dar apenas uma dica importante ela seria:

  • Dê informações precisas e verdadeiras

Em diversas situações, em diversos tipos de seguros diferentes, informações duvidosas geram preços errados, condições montadas inadequadamente e, em casos mais graves, perda da cobertura de seguro.

 

Por que isso ocorre desta maneira?

 

Porque a seguradora usa as suas informações, que são passadas através do preenchimento de questionários, para saber exatamente quais são os seus riscos, quais as coberturas que são necessárias, quais as franquias que são adequadas e qual preço ela deve cobrar por isso.

 

Caso você se confunda e não responda algo corretamente, a sua apólice não será adequada ao seu perfil e você poderá pagar mais caro por algo que não lhe dê cobertura naquilo que você precise.

 

Portanto, quanto mais informações você tiver, mais adequado será o seu seguro e, em teoria, mais barato, já que a seguradora conhece seu risco e pode estabelecer o preço certo pra você.

 

Por exemplo:

Você compra um carro, mas como você não tem renda suficiente ele é financiado no nome da sua mãe. Você envia os documentos para seu corretor calcular e esquece de dizer que quem conduzirá o carro será você e não a sua mãe. O seguro então será calculado como sendo para uma mulher, que tem mais idade que você, portanto hábitos diferentes, e será cobrado um prêmio mais barato por isso. Até aí nenhum problema, porque você está pagando mais barato, certo?

Errado, pois você não terá cobertura caso aconteça um sinistro. Isso porque as seguradoras sempre mandam investigar quando algo acontece, e na investigação vão verificar que você estava dirigindo e não a sua mãe. Neste caso, a seguradora vai interpretar que você não lhe deu informações suficientes para que ela pudesse analisar o risco corretamente e não vai lhe indenizar nada, ou seja, o prêmio mais barato que você pagou não vai lhe garantir cobertura nenhuma, e se o carro que você bateu ou roubaram estiver financiado, você vai ter que continuar pagando o financiamento sem ter o seu carro.

 

Ou ainda, você tem uma empresa de transportes, preenche o questionário e não verifica com a sua área administrativa quanto pagou de prêmio no passado e quanto teve de sinistros, e não informa isso corretamente ao corretor através de seu questionário. Este, por não ter as informações adequadas não consegue negociar pra você o melhor preço e caso ocorra um sinistro a seguradora ainda pode negar-lhe o pagamento da indenização por informações incompletas. Ou seja, você vai pagar mais caro e pode vir a não ter cobertura.

 

Por isso minha principal dica é esta "dê informações precisas e verdadeiras", pois eventualmente você pode até pagar mais caro no início, mas a seguradora aceitou seu risco da forma como ele é, e vai garantir sua cobertura se ocorrer algum evento que estiver listado como coberto em sua apólice. Além do que, isso dá oportunidade para mim "corretor" a ajudá-lo a minimizar seu risco e reduzir seu preço de seguro, e em cada ano obter mais descontos sem prejuízo em receber suas indenizações.

 

Com informações completas e verdadeiras, você só tem a ganhar.

 

 

Ultima atualização: 06/06/2011 por Vitor Hugo Marques

A empresaPolitica de PrivacidadeMapa do SiteLigue